domingo, 2 de novembro de 2008

Acreditar


A atitude em campo.

O lance épico do primeiro golo, do passe mágico de Aimar à finalização magistral de Suazo.

A maturidade e a sofrida gestão do jogo na segunda metade após a expulsão de Reyes.

A força de toda a equipa, personificada no treinador Flores (todo eu tremo quando vejo a garra deste homem).

Meu Deus, eu acredito tanto!


PS: Xistra, meu ladrão! Só tu para não veres aquele penálti claro. Sei bem o que merecias… Nem assim!

3 comentários:

Garraio disse...

E eu que pensava que tu nem ias com o Kike...

Este Benfica tem uma coisa que já não tinha há décadas: sabe o que há-de fazer à bola do meio campo prá frente.

Assim, sim. Este fim de semana já deu pra ver futebol português. o benfica está na vereda e o Pinto da Costa está com um focinho engraçado.Será que a cosa nostra tem que se conter? Será que os árbitros já não páram em Leiria?? Duvido, estaremos atentos aos próximos capítulos.

Quanto ao glorioso, parece ser que arranjámos meia dúzia de rapazes com qualidade para andarem de águia ao peito: o Reyes, o que meteu o primeiro golo, o françois, o Aimar,e mais alguns.

Este anos vamos lá. O Florista tem é de por um bocadito de respeito naquela rapaziada, porque senão não ganhamos pra cartões.

Hoje lembrei-me de ti, depois daquele primeiro golo. E perguntei-me se alguma vez terás vito alguns golos destes da autoria do Pantera negra. A jogada foi mesmo à Eusébio.

Fernando disse...

Não há dúvida que foi uma bela jogada.
Sou dos que pensam que "temos equipa". Senão vejam o banco dos suplentes do jogo.
Quinta-Feira lá estarei no estádio a torcer pelo Glorioso.

João Bugalhão disse...

AS "vitoriazinhas" que animam os "sonhadores"...

E agora, banho "turco"?

Será a regra ou a excepção?

(As contas fazem-se no fim)

jbuga