quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

9 anos... de ti

2 de Dezembro de 2001

2 de Dezembro de 2010


E é assim… que nos apercebemos, na pele, quão rápido passa o tempo. Quase uma década…

Nove anos passaram sobre aquela noite gelada de Dezembro, quando me pousou nos braços, ainda a deitar fumo e a cheirar ao ventre da mãe. Eu sabia que era o começo de uma grande aventura. Não consigo sequer imaginar como seria a nossa vida, as nossas vidas, onde estaríamos e como estaríamos sem termos a sua imensa alegria de viver a encher-nos os dias de sorrisos.

A maternidade do hospital estava em obras. Nasceu na Ortopedia. Era o destino a dizer-nos, até aí! o torta que seria…

Hoje é um projecto de adolescente (medo!) que ainda pede de presente, bonequinhas e jogos de tabuleiro aconselhados para “a partir dos 6 anos”.

Eu queria que ela nunca crescesse… que ficasse sempre pequenita, a dormir tranquila no meu colo… e eu a ver a chuva a bater na vidraça da nossa casinha de Marvão. A ouvi-la respirar…

Pode ser a cara chapada da mãe, que é, mas para estar a toda a hora a ver temporadas dos Simpsons de penálti… a mais alguém há-de sair.

Diz-me a Cris ao ver as fotos que “sabes que mais? Estamos a ficar velhos…”.

Eu sei… e tem valido tanto a pena…

5 comentários:

Ana disse...

Parabéns Leonor que sejas sempre muito muito feliz, um grande beijinho para ti neste dia de festa. Beijinhos Ana & Pedro Coelho

M. Ferro disse...

Primeiro de tudo parabéns á filhota…
Depois só tenho a dizer que é por causa de textos como este que sou teu leitor e que todos os dias passo aqui para ver se tens algo de novo para eu ler.
um abraço

Élia Magro disse...

um beijinho de parabéns para a Leonor. É verdade como o tempo passa, mas para nós eles são sempre os nossos bébés "grandes", como eu costumo dizer ao João Pedro, a nossa razão de viver.Espero que a recuperação esteja a correr bem,bjs para a Leonor e também para a Alice.

gi disse...

Parabens, á NÔ-NÔ, que a vida sempre lhe sorria.Os pais e a mana, vão com toda a certesa sorrir com ela.

Helena Barreta disse...

Parabéns à Leonor, aos pais e à mana pequenina.

Leonor, desejo-te muitas felicidades e que a vida te sorria sempre e que, quando encontrares obstáculos no teu caminho, naquele que escolheres, os saibas contornar e seguir em frente. Sê feliz.

Um beijinho