segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

A votos

Nestas eleições presidenciais, eu já sabia que ia levar com...

o Tio Aníbal,
-
com o político-poeta que pensa que pode rosnar a tudo o que mexe só porque foi um combatente antifascista, (ele há coisas que legitimam tudo...)

com a cassete do Lopes,

com este Nobre cavalheiro,

E até com o arrojo do "abrasado" do Coelho (a de oferecer um submarino ao Portas não lembra ao menino Jesus),

Agora...

Isto?!?!?

(Será que a rima foi propositada?)


(em plena campanha numa enérgica acção de rua)
-
Preparando os boletins de voto

As instalações da Junta de Freguesia da Leonorlândia (oportunamente instalada na casa dos licores da avó Jacinta)

A secretária de trabalho

O director de campanha (degolado, presumo que pela fraca prestação)

A imagem de marca

A foto oficial

Acertando os últimos detalhes

(A fotocopiadora da Junta... claramente a necessitar um upgrade)

Um eleitor indeciso...

dos difíceis...

que encontrou a solução a tempo.

O solene momento da votação

A original urna construída já sob as novas directrizes europeias

A natural alegria do pai após ter sido confirmada a vitória esmagadora da herdeira

Será que a minha filha anda boa? E se não lhe passa?
Logo a mim, que jurei...
-
-
PS: Como juro que alinhei mas a ideia foi toda dela. Quando me apercebi da brincadeira que a entretinha há dias nem queria acreditar. Quem é que me havia de dizer que lhe dava para isto?

7 comentários:

gi disse...

Mais um voto para a Leonor. Uma leonorlândia faz-nos tanta falta, neste mundo cada dia mais cinzento.

Helena Barreta disse...

Tem então uma filha cheia de ideias e com veia de activista. Pois sim, só é pena eu não poder votar para essa freguesia, de qualquer maneira fica aqui a minha solidariedade e votos de um bom trabalho.

Um beijinho, Leonor.

Um abraço

amsf disse...

Já encontrei o candidato que há-de levar o meu cartão vermelho às elites portuguesas, esse candidato é o José Manuel Coelho.

Palhaço a maluco é o povo que vota sempre da mesma maneira esperando obter resultados diferentes!

A Leonor necessita é que o pai vote com "inteligência" para que ela tenha uma oportunidade no futuro!

conceicaobarreta disse...

Pai e filha a divertirem-se,a Leonor saberá a sorte que tem?Há uma cumplicidade bonita,e a cachopa é informada e gira ,se calhar tinha melhores ideias,do que essa gentalha que lá anda,já agora o cabeçalho está prá frente....

Celeste disse...

Leonor! quando começamos a campanha? eu voto em ti:)))

Dylan disse...

eheheh, muito bom!

Robson Lima disse...

Será que a veia política dos Sobreiro é genética? Acho que vou transferir meu título de eleitor para este frequesia que ora surge, assim poderei votar em Leonor. rsrss