sábado, 9 de Janeiro de 2010

Malato e Clara Pinto Correia apanhados em flagrante (mas separados, claro!)

Este post é para maiores de 18.
Estão avisados...
Pequenada... toca lá a desligar a porra do Magalhães esse!
-
-
Pois é, meus amigos… um sem esperar, o outro propositadamente, a verdade é que o apresentador e a escritora? / bióloga? / louca profissional, foram apanhados com a boca na botija.

E onde é que eu apanho estas novidades tórridas e escaldantes? No único órgão de comunicação social que nos mostra o país real, nu e cru, como nenhum outro: o Correio da Manhã, pois claro!, o líder indiscutível de tiragens e vendas desde há décadas.

Quanto ao nosso, salvo seja, Malato, eu não sei quem é que deu com a boca no trombone mas posso presumir que a inveja e a perfídia não são exclusivas de aldeias e de concelhos pequeninos como o nosso. Nas cidades também as tem de haver para acontecerem coisas destas. Alguém se chibou e o homem viu-se exposto como certamente não esperava. A notícia, publicada ontem, rezava assim:

Animação: Malato diverte-se em festa de homens
08-01-2010

“Lá por uma pessoa ir a uma festa de whisky não quer dizer que seja bêbeda”. Foi desta forma que José Carlos Malato reagiu à sua presença numa discoteca gay, em Madrid. O apresentador do programa ‘Jogo Duplo’ esteve na capital espanhola, no início do mês de Dezembro, e acabou por aparecer, em tronco nu, num vídeo disponibilizado pela organização da festa Mad.bear – uma conhecida comunidade gay. Um facto prontamente desvalorizado por Malato, que garante que a presença numa festa do género não põe em causa a sua orientação sexual.

'Vou a todas as festas em que acredito que me irei divertir e foi o caso. Fui com amigos, sabia exactamente qual era o tipo de festa a que ia e as motivações que me levaram a ir foram a diversão. Para o ano, pretendo voltar. Sou solteiro, um cidadão exemplar e não devo justificações a ninguém', conta o apresentador da RTP, que diz já ter marcado presença em festas gay também em Portugal.

Relativamente ao vídeo em que aparece – disponível no Youtube – Malato mostra-se também tranquilo. 'Já sabia que a minha imagem iria aparecer', disse.

APONTAMENTOS

BEAR - Cultura gay e bissexual, em que o visual másculo dos homens é evidenciado. As tatuagens e os piercings são imagem de marca dos Bear.

ENCONTRO ANUAL - Anualmente, os Bear reúnem-se em Madrid para quatro noites de animação só para homens. Malato marcou presença na festa.

MANIFESTAÇÃO - Em Julho, membros da comunidade Bear estiveram presentes na parada gay, em Madrid.
-
Bem... está aqui um calorrrr. Ai ele já deve ter sido tão feliz em Madrid.
-

Ah, pois é, bebé. Está complicado…

Estaremos certamente de acordo que o Malato tem todo o direito à privacidade e a gozar a sua orientação sexual da maneira que melhor lhe aprouver. Parece-me, no entanto, que enquanto figura pública que nos entra todas as noites em casa, enquanto estrela da televisão pública cujo cachet, de certeza bem chorudo, é pago por todos nós, já não tem tanto direito de nos enganar, de nos meter os dedos nos olhos e fazer a rapaziada parva.
-
Diz o popular apresentador que já sabia que a sua fotografia ia aparecer e neste caso mente descaradamente. . . Se assim não fosse, porque motivo foi tapada a única imagem do vídeo onde aparecia? Meninos, eu investiguei e vi. Ora confirmem lá no ponto 1m.31s. Mistério…
-



Aqui o Tio Sabi achou a história o máximo. Para já nunca tinha ouvido falar nesta comunidade homossexual, neste curioso ramo da linhagem gay apelidada de “Bear” (Urso), cujos adeptos parecem ser bastante mais másculos que o gay convencional de trejeitos afeminados. Depois acho incrível como é que alguém vai daqui para Madrid, para um evento temático em cuja tipologia encaixa e que não deixa dúvidas a ninguém, se passeia perfeitamente integrado em tronco nú (que pelos vistos era o dress code) em discotecas repletas de matulões barbudos com pinta de lenhadores (mulheres nem uma…) e depois vem dizer que “ah… aquilo não é nada, lá por ali estar não quer dizer que…”. O máximo! Ao menos o Goucha deu a carinha…


Alguém me ajuda a encontrar o Baião ou esse não veio?

O video promocional oficial

--
-
Outra celebrity da nossa praça cuja exuberância já é mais do que conhecida é a Clarinha Pinto Correia. Desta vez lembrou-se de fazer uma exposição de instantâneos do seu rosto no momento em que atinge o orgasmo. Isto é lindo! Ora atentem na notícia:

Orgasmos de Clara em exposição inédita
08-01-2010

-
Esta noite, quando forem 21h30, as portas do Centro Cultural de Cascais abrem-se para revelar uma exposição 'única'. Fotografada pelo seu companheiro, Pedro Palma, a bióloga e professora universitária Clara Pinto Correia dá a cara pelos orgasmos retratados nas dez fotografias que constituem a mostra ‘Sexpressions’.

'Não precisei de ser convencida na medida em que sempre achei que estávamos perante uma ideia inédita e extraordinária. Agora, só acontece porque quem fotografa e quem é fotografado é um casal muito apaixonado', revela ao CM a modelo em estreia, Clara Pinto Correia de 49 anos.

Convidada a resumir a experiência de modelo improvisada numa expressão só, a investigadora nem hesitou: 'Única.'

Clara Pinto Correia e Pedro Palma estão juntos há um ano e meio e, curiosamente, têm um do outro a mesma primeira impressão 'visionária'... 'Os meus textos que acompanham as fotografias dele dão conta da descoberta um do outro durante as sessões, mais que muitas necessárias até chegarmos às dez em exposição', conta a bióloga antes de acrescentar: 'As minhas preferidas são todas aquelas em que estou de olhos abertos e a sorrir.'

Afastados constrangimentos decorrentes do pudor, impunha-se saber como resolver os técnicos. 'E como é que uma câmara pode atrapalhar alguém numa situação daquelas, do mais puro êxtase?', brinca Clara.

Puro delírio! Acho fantástico como é que existe uma cabecita que se lembra de uma destas… Se eu fosse Ministro da Cultura, dava-lhe já um subsídio vitalício só para nos caso de ela se lembrar de outra ainda mais extravagante.
-

A minha favorita é esta do cigarro. Mas será que teve o orgasmo com o cigarrão nos queixos ou aquilo foi depois? Fumar durante o acto parece-me algo arriscado, sobretudo se os lençóis forem de seda… de forma que não sei…

Como a cachopa está de olhos fechados e em transe, existe ainda uma hipótese mais bizarra… a da mão ser de outra pessoa e o fumo que se vislumbra na imagem ser provocado pelo fulgor do própria acto sexual. Bomba!

Nas imagens que podem admirar mais abaixo também dá para ver que tem os dentes bastante bem tratados, que abre a boca como toda a gente e que gosta com fartura, o que é sempre bom sinal.

Se eu morasse em Lisboa, juro-vos que era gajo para ir à inauguração desta cena, mesmo sem convite, só para ver a pinta de quem lhe dá na cabeça de comparecer a uma exposição de arte deste gabarito.

À Clarinha gostava de perguntar, o que virá a seguir? A Clarinha na sanita em pleno acto de esvaziamento tripal? A Clarinha a verter águas em diversas praças e largos da Lisboa antiga? A Clarinha a vomitar em épocas festivas (Natal, Passagem de ano, despedida de solteira de uma prima)? Seja lá como for, o que interessa é que a Clarinha nos continue a revelar os mistérios insondáveis do seu organismo e da sua intimidade. Pelo menos está bem melhor assim do que a editar livros copiados.

Oh... sim...

Ai eu... ai eu...

Huuummmmmmmmmmmm...

OOOOOhhhhhhhhhhhhhh

Goooooooooooooooolo do Saviola!



Malato e Clarinha, dois monstros sagrados do nosso Jet Oito. Com feras destas, quem é que precisa de Paris Hiltons e afins? Vivam os Vips de Portugal!

Com malta desta estamos safos…

3 comentários:

Gi caldeira disse...

Grandes cromos...

A Clara pinto correia queria ser original, o Malato foi de certesa muito feliz em Madrid.

Agora é só esperar pelos enlaces que o 1º ministro fez questão de legalizar e é ouro sobre azul...

A crise que se lixe.

funbox disse...

Oh! Gi Caldeira, vai aprender a escrever.

A crise não é culpa do governo, mas sim de um país de incompetentes e trogloditas que se habituaram a viver de subsídios.

Só me resta desejar boa sorte ao Malato, pois duvido que a sua popularidade volte a ser a mesma depois deste episódio. É que o "Tuga" morre de inveja da felicidade e bem-estar do vizinho.

Viva a liberdade, seja ela qual for!

funbox disse...
Este comentário foi removido pelo autor.