quarta-feira, 6 de maio de 2009

Dias da Televisão

A televisão... vista por dentro

Antes de mais, parece-me bem confessar que este foi um dos fretes que menos me custou fazer na vida.

Como fiz parte do júri do concurso da liberdade promovido pela Biblioteca da Escola de Santo António, o convite para acompanhar os vencedores na visita-prémio para conhecer a seda da RTP em Lisboa estava implícito. Mas como não queria ocupar o lugar de uma criança e cortar-lhe essa oportunidade única … a coisa estava difícil…

Foi por isso que calhou mesmo bem a falta de disponibilidade dos motoristas, tão ocupados com outros serviços já confirmados. De forma que… passem para cá a chave que o senhor já resolve. Ala que se faz tarde!

Já agora, também aproveito a oportunidade para explicar que fiz parte do Júri, juntamente com outros convidados e professores, mas os trabalhos foram todos apresentados sob pseudónimos que desconhecíamos por completo e que os trabalhos foram todos concebidos e entregues no espaço escolar pelo que qualquer interferência externa estava vedada.

Isto tudo para tranquilizar as mentes mais perversas que borbulham por aí que a filha do vereador ganhou… precisamente por ter essa condição. Para quem quiser acreditar na verdade até devo dizer que eu, que vejo praticamente todos os desenhos que a Leonor faz todos os dias, não fui capaz de vislumbrar naquele que foi por todos designado como um dos mais bonitos, traços ou características que a pudessem identificar. Desenhou uma criança feliz numa horta com cenouras, couves e rabanetes e como hortas é coisa que não existe na família, como nunca esboçou o mínimo jeito para agricultora, sempre pensei que pudesse ser obra de alguma menina que tivesse pessoal dedicado a essa actividade. Surpreendeu-me deveras e ainda bem! O desenho era magnífico e devo dizer, sem sequer temer a imodéstia, que era de longe o mais bonito. Que me perdoem os outros participantes mas eu estou cada vez mais assim: o que é, é! E ponto final!

Bem dizia a minha mãe que mais vale terem inveja que chamarem-nos coitadinhos. Ai que razão tinhas…


Quanto à visita em si… os estúdios da RTP assentaram praça ali para os lados de Cabo Ruivo, numa zona alta por cima do Parque das Nações, há cerca de 2 anos e impressionam pela dimensão e pela arquitectura. Se a mim me causaram algum espanto, imaginem o efeito que não tiveram nas crianças.



Chegámos em cima da hora e minutos depois já estávamos na companhia da simpática Cristina Castro, das relações públicas, que foi uma cicerone muito esmerada. Visitámos as rádios estatais Antena 1, 2 e 3 e pudemos interagir com os locutores, jornalistas e demais pessoal técnico.

Na RDP África, durante as notícias. Esta é a antena com maior audiência. Muitos, muitos milhões em todo o mundo

Com o grande mago sonoro César Martins. Muito atencioso e delicado com as crianças. 5 estrelas!

Digam lá que não parece o Ringo Starr ou o Keith Moon. É só pose!
-



Com o famoso radialista e DJ Rui Estevão que fez a cortesia de meter um "olá" da pequenada no ar

Na elitista Antena 2, a da música clássica

Nos estúdios da Antena 1

Já na televisão visitámos todo o sector da informação com direito a passear nos cenários que nos habituámos todos os dias a ver em casa através do quadradinho mágico. Pudemos contemplar também as régies de continuidade e depois de desbloqueado um ligeiro contratempo burocrático abriram-se as portas dos estúdios onde são gravados diariamente o “Portugal no Coração”, “o Preço Certo”, o novo do Jorge Gabriel e por aí fora. Os pequenotes deliraram com a possibilidade de assistirem em directo à dobragem de uns desenhos animados no próprio estúdio onde a Ana Zanatti coordenava as operações e por poderem estar no estúdio virtual onde se grava o famoso Zig Zag.
-
Onde é que eu já vi isto?

O imenso plateau da informação

Pois... é de sonho... é.

No palco da informação da RTPN

Quem é que não reconhece esta vista para a redacção?

À última da hora... ligaram a dizer que um cameraman torceu um pé a jogar ao berlinde. "Não há problema... eu desenrasco!". E assegurei assim a emissão. Disseram-me que vão fazer um especial disto apresentado pelo Eládio Clímaco.

Ai tanto botão...

Digam lá se não tem mais estilo que o Zé Alberto Carvalho aquele...

Eu ralhei. Mas fazer de escorrega onde todos os dias desfila o mundo inteiro... não é coisa que se possa fazer com frequência. Olha... que se amole!

A régie de continuidade
-

O Carlos do Carmo interpretou "Os putos" só para os nossos

Cadê o Baião?

Parecemos duas fufas de Arcozelo...
O anúncio no Correio da Manhã dizia: "Jovens garbosos, livres e despretenciosos, sem qualquer espécie de tabus ou restrições, oferecem esmerada companhia a senhoras ou meninas que se sintam sós. Tudo muito século XXI. Cumprimos as suas fantasias. Venha delirar connosco. Fazemos domicílios. 24 h. 3 pratos em promoção! Discrição total. Ligue já! Descontos cartão jovem".

Quiseram-me ficar com a piquena. Tudo bem... mas só depois de acabar a 4ª classe!

Quem dá mais?

Umas gracinhas...
-

No novo Gabriel

No reino do Zig Zag

Aprendendo a dobrar. Afinal é complicado...

O almoço foi no meio das caras conhecidas e com cortesia do meu querido amigo Francisco Serôdio, que há-de ser sempre para mim o Chico da Portela, ainda houve tempo para beijinhos e autógrafos da Tânia (lindíssima e muito mais jovem sem maquilhagem) e do frenético João Baião.

Com as estrelas maiores da estação

"ó Sr. Serôdio... vá fazer um xixizinho..."

Para mais tarde recordar... a foto de família.

Pudera!

Vieram todo o caminho a dormir, os pardalinhos estes, com a barriguinha cheia de tanta novidade.

Tinham motivo para isso, não acham?


PS: Um beijinho muito grande à Cristina Castro pela amabilidade e um abraço do tamanho do mundo ao grande Chico por ter deixado quase tudo para trás para que fossemos felizes. Foste impagável, ó meu irmão! Beijinho à Paula e à Fernanda pela boa companhia e ao resto da chavalada. Foi impec, não foi?

3 comentários:

adayinthelife disse...

Está demais!!!!

Espero que tenham gostado e cada vez que te vejo fico com mais saudades!

Abr do teu velho amigo FUFO!

Xico

Robson Lima disse...

Adorei a previsão do tempo com a jornalista Leonor...... Bom, o valor que ela deu ao amigo vereador também foi engraçado....

Um abraço homem de 50 euros...

Pedro Sobreiro disse...

Um abraço aos dois, meus amigos!

Valeu!